Exames
Exames

Nome ou indicação do exame:
URÉIA
Nome do exame: URÉIA
Indicação Médica do Exame: Uso: avaliação da função renal. A uréia é uma das principais substâncias nitrogenadas do organismo, sendo sintetizada no fígado a partir de CO2 e amônia, provenientes da deaminação de aminoácidos. O composto é o principal produto de excreção do metabolismo protéico. Após sua síntese, é liberada na corrente sanguínea, seguindo até os rins, onde é filtrada ao plasma pelos glomérulos. A maioria da uréia filtrada é excretada na urina, porém até 40% pode ser reabsorvida por difusão passiva durante a passagem pelos túbulos renais. A quantidade reabsorvida depende do fluxo urinário e do estado de hidratação do indivíduo. Pequenas quantidades de uréia são excretadas pelo trato gastrointestinal e pele. Os níveis plasmáticos de uréia são mantidos por um equilíbrio entre perfusão e função renal, conteúdo protéico da dieta e catabolismo protéico.
Preparo do Paciente Jejum não necessário
Tipos de amostra soro
Significado Clínico A uréia, embora menos específica para função renal do que a creatinina, é mais sensível a alterações iniciais da função renal, sendo importante marcador nestas condições. Valores aumentados: insuficiência renal aguda ou crônica, insuficiência cardíaca congestiva, desidratação severa, choque, catabolismo protéico aumentado (hemorragia no trato gastrointestinal, infarto agudo do miocárdio, stress, neoplasmas, ingestão excessiva de proteínas), perda muscular, uso de medicamentos (tetraciclinas com uso de diuréticos, por exemplo). Valores diminuídos: gravidez (segundo trimestre), diminuição do consumo de proteínas, uso de reposição de fluidos intravenosa, insuficiência hepática severa, infância, SIADH, acromegalia, desnutrição, certos medicamentos (hormônios anabolizantes, cloranfenicol, estreptomicina).
Valor de Referência 10,0 a 40,0 mg/dL
URÉIA - Hemodiálise
Nome do exame: URÉIA - Hemodiálise
Indicação Médica do Exame: Ver Uréia.
Preparo do Paciente Jejum não necessário
Tipos de amostra soro
Significado Clínico Ver Uréia.
Valor de Referência 10,0 a 40,0 mg/dL
URÉIA URINÁRIA
Nome do exame: URÉIA URINÁRIA
Indicação Médica do Exame: Uso: avaliação da função renal. A uréia é filtrada livremente pelos glomérulos. No rim normal, 40% a 80% da uréia é reabsorvida passivamente pelo túbulo renal. Esta difusão é dependente do fluxo urinário: quando o fluxo é menor do que 2 mL/min, uma proporção maior é reabsorvida.
Preparo do Paciente Coletar urina amostra isolada
Tipos de amostra urina - amostra isolada
Significado Clínico Conseqüentemente o clearence de uréia pode subestimar a taxa de filtração glomerular. A produção de uréia também depende de inúmeras variáveis não-renais, como a dieta e síntese hepática, tornando-a de pouca utilidade como medida da taxa de filtração glomerular. É mais utilizada na avaliação dos compostos urinários nitrogenados não protéicos, sendo medida da taxa de produção de uréia
Valor de Referência OBS: amostra isolada
URÉIA URINÁRIA - 24h
Nome do exame: URÉIA URINÁRIA - 24h
Indicação Médica do Exame: Ver Uréia Urinária
Preparo do Paciente Coletar urina de 24 horas. Encaminhar uma alíquota de 20,0 mL junto com a informação do volume total urinário
Tipos de amostra urina 24 horas
Significado Clínico Ver Uréia Urinária
Valor de Referência 7,0 a 20,0 g/24 h
Urina amostra isolada
Nome do exame: Urina amostra isolada
Indicação Médica do Exame: Uso: diagnóstico de histoplasmose. O agente etiológico da histoplasmose é o Histoplasma capsulatum, um fungo transmitido por via respiratória através de inalação de esporos do ar em locais contaminados (cavernas, grutas, galinheiros, jardins, etc.). O diagnóstico laboratorial é feito por isolamento e identificação do Histoplasma capsulatum, através da visualização do fungo em esfregaços corados pelos métodos de Wright e Giemsa.
Preparo do Paciente Jejum no mínimo de 4h. Hemólise e lipemia podem atuar como interferentes.
Tipos de amostra soro
Significado Clínico As técnicas sorológicas podem ter função auxiliar, quando são observados títulos maiores que 1/32 na reação de fixação de complemento. Amostras coletadas em intervalos de 1 a 2 semanas, com observação de aumento significativo dos títulos, sugerem infecção recente ou ativa.
Valor de Referência Não reagente
URINA PARCIAL
Nome do exame: URINA PARCIAL
Indicação Médica do Exame: Uso: diagnóstico de infecções urinárias, litíases, diabetes, hepatites, insuficiência renal, etc. O exame de urina é um dos mais antigos testes laboratoriais descritos na história da medicina, fornecendo uma ampla variedade de informações úteis com relação às doenças que envolvem os rins e o trato urinário inferior.
Preparo do Paciente A coleta ideal para adultos é a primeira urina da manhã , desprezando o primeiro jato e coletando o jato médio. Observe-se que para crianças ou adultos , na urgência, o exame poderá ser realizado com urina coletada após 2 a 4 horas a última micção. Fornecer ao paciente 1 a 2 copos de água.
Tipos de amostra urina jato medio
Significado Clínico Pode ser usado para elucidação diagnóstica de distúrbios funcionais (fisiológicos) e estruturais (anatômicos) dos rins e trato urinário inferior, bem como para acompanhamento e obtenção de informações prognósticas. São vários os procedimentos envolvidos para a avaliação do exame urina: avaliação física, química, citológica e microbiológica.
Valor de Referência Celulas epiteliais: Até 3 por campo
UROPORFIRINA - Pesquisa
Nome do exame: UROPORFIRINA - Pesquisa
Indicação Médica do Exame: ,
Preparo do Paciente Enviar uma alíquota de 30.0 mL de urina, proteger da luz, refrigerar e enviar
Tipos de amostra urina - amostra isolada
Significado Clínico Uso: diagnóstico das porfirias. Valores aumentados: porfiria intermitente aguda, porfiria eritropoiética congênita, coproporfiria hereditária, porfiria cutânea tarda (PCT).
Valor de Referência Negativo


Primeira     Última